User talk:Cassini

From PostgreSQL wiki
Jump to: navigation, search

Instalação do PostgreSQL no Windows

1) Preparação Deve-se colocar os seguintes valores no path:

       c:\<<caminhojava>>\lib;
       C:\<<caminhojava>>\bin;
       C:\<<caminhojava>>\jre\bin\client;
       C:\<<caminhojava>>\jre\bin;
       C:\<<caminhopg>>\8.1\bin;
       c:\<<caminhopg>>\8.1\lib;

onde,

<<caminhojava>> = path de instalação do java <<caminhopg>> = path de instalação do postgresql

No nosso ficou assim:

       c:\Arquivos de Programas\Java\jdk1.5.0_07\lib;
       C:\Arquivos de Programas\Java\jdk1.5.0_07\bin;
       C:\Arquivos de Programas\Java\jdk1.5.0_07\jre\bin\client;
       C:\Arquivos de Programas\Java\jdk1.5.0_07\jre\bin;
       C:\Arquivos de Programas\PostgreSQL\8.1\bin;
       c:\Arquivos de Programas\PostgreSQL\8.1\lib;

2) Instalação PostgreSQL Clique no instalador e siga as instruções, conforme as figuras abaixo. Nota: Como padrão a opção Pl/Java vem desmarcada. Selecione ela. Nota: Como padrão a opção Desenvolvimento vem desmarcada. Selecione ela. Nota: Aqui é para instalar o PostgreSQL como serviço do Windows. Ele vai criar um usuário postgres no windows que só servirá para levantar o banco. Como padrão colocamos a senha postgres. Nota: Como o usuário não existe ele vai criar um.

Nota: Criação do superusuário postgres, que é o administrador do banco de dados. Marque a codificação como UTF-8 e selecione a opção "Endereços". A opção endereços significa que seu postgresql aceitará conexão de outras máquinas. Para liberar o acesso de outras máquinas o arquivo <<caminhopg>>/data/pg_hba.conf deve ser configurado.

Nota: Aviso que vai liberar conexão de outras máquinas. Nota: Só deixar como está.

Nota: Clique em próximo para fazer a instalação.

3) Criação Banco de Dados Siga as instruções conforme as telas.

Nota: Criação do usuário compiere no banco de dados. É esse usuário que a aplicação usará para acessar o banco de dados. A opção -U indica o usuário que está executando a operação (no caso o superusuário postgres). A opção -P é para atribuir senha para o usuário que está sendo criado. As duas primeiras perguntas de senha referem-se a senha do novo usuário. Guarde ela porque será necessário na instalação do Compiere. Marque a opção de criar um superusuário (digitando "y") e coloque a senha do superusuário.

Nota: Criação da base de dados Compiere. Essa criação deve ser feita pelo usuário compiere. A opção -E é para definir a codificação dos caracteres. UTF8 é padrão. 4) Instalação PlJava

4.1) Configuração

- Acesse o arquivo <<caminhopg>>/data/postgresql.conf - Coloque no final:

custom_variable_classes = 'pljava' pljava.classpath = 'C:\\Arquivos de Programas\\PostgreSQL\\8.1\\share\\pljava\\pljava.jar' (ou o caminho correto do seu PostgreSQL. com duas barras mesmo!) pljava.release_lingering_savepoints = true pljava.vmoptions = '-Xmx64M -Dbackchannel.port=48' pljava.debug = false

IMPORTANTE: Reiniciar o banco de dados

4.2) Instalação PL/Java no PostgreSQL

Nota: Essa opção serve para instalar as funções da biblioteca Pl/Java no banco de dados compiere. O que varia nessa tela é o caminho do arquivo "deploy.jar" e do arquivo postgresql-8.1-405.jdbc3. No nosso exemplo o postgresql foi instalado em Arquivo de Programas.


4.3) Instalando Funções do Compiere no Banco

- psql -U compiere compiere - CREATE SCHEMA compiere; - SET search_path TO compiere,sqlj; - SELECT sqlj.install_jar('file:///c:\\Compiere2\\lib\\sqlj.jar', 'sqlj', true); - SELECT sqlj.set_classpath('compiere', 'sqlj');

Nota: Aqui as funções do Compiere serão instaladas no postgresql. O que varia é o caminho do arquivo sqlj.jar, que fica no diretório lib do Compiere.


5) Importação banco de dados

psql -U compiere compiere -f C:\Compiere2\data\CompierePG.sql

Nesse passo podem acontecer diversos "warnings" e leva um certo tempo para rodar, dependendo da máquina.

6) Verificando se deu certo

Acesse o pgAdmin III (pelo menu iniciar/postgresql). Essa ferramenta serve para administrar o banco de dados. Confira os seguintes dados nos esquemas:

   * Esquema compiere:
         o Functions: 66
         o Operators: 2
         o Tables: 522 (se variar pouco não tem problema, pode ser diferença de versão)
         o Views: 108
   * Esquema sqlj
         o Functions: 9
         o Sequences: 2
         o Tables: 3 (ou 4 dependendo da versão do PostgreSQL)
         o Número de Registros na tabela classpath_entry: 1
         o Número de Registros na tabela jar_entry: 8
         o Número de Registros na tabela jar_repository: 1